quarta-feira, janeiro 05, 2005

Interrogações toponímicas

Quem será o Almada da praça?

5 Comentários:

Blogger Mário disse...

É capaz de ser o João de Almada e Melo, governador de Entre-Douro-e-Minho. O tal que também governou a cidade do Porto, na segunda metade do século XVIII.

Era uma boa peça, esse Almada. Mas fez coisas engraçadas.

1:30 da tarde  
Blogger Fred disse...

Segundo Júlio António Borges, e aquilo que relata no seu livro "Paisagem Poveira", o Corregedor D. Francisco de Almada e Mendonça teve uma grande importância na reforma urbanística da então vila. Conseguiu que D. Maria I assinasse, em 1971, uma provisão régia essencial para essa reforma. Para além da edificação da Câmara Municipal, abriu-se também uma praça que veio unir a parte alta da cidade à parte litoral, e que herdou o seu nome.

8:12 da tarde  
Blogger Rui Pedro Rocha disse...

Em 1971? OK que já foi noutro milénio, mas também não exageremos... ;oP

4:13 da manhã  
Blogger Fred disse...

1791 1791 1791 1791 1791 1791 1791 1791 1791 1791 1791 1791 1791 1791 1791 1791 1791 1791 1791 1791 ... Da próxima não me engano 1791 1791 1791 1791 1791 1791 1791 1791 1791 1791 1791 1791 1791 1791 1791 1791 ... : )

1:40 da tarde  
Blogger Mário disse...

:) Agora é a minha vez - 1791.

O Francisco de Almada e Mendonça era o filho do tal João de Almada e Melo que eu referi; como pelos vistos o Francisco também teve juridisção sobre a Póvoa, é natural que seja realmente ele e não o pai.

7:57 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home