sexta-feira, novembro 12, 2004

A culpa (também) é nossa, já sei...

Ponti no Porto, jazz em Guimarães, blues em Viana.

E cá na terra?

31 Comentários:

Blogger Paulo Patrício disse...

Chinês no Serpa, Rui no Predilecto, Pastel na Marina?!

1:56 da manhã  
Blogger Paulo Patrício disse...

Vieira na Câmara, Diamantino no Pelouro, Saldos Ocasionais na Junqueira?!

2:05 da manhã  
Blogger Paulo Patrício disse...

Francesinhas no Guarda, Francesinhas no Serpa... e Francesinhas no Vela?!

2:09 da manhã  
Blogger briote disse...

Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

4:35 da manhã  
Blogger BeanSprouts disse...

Na terra? Temos um dilema muito grande - Bem eu nunca tive este dilema -

Azeite no Hit ou no Budha ?!

11:30 da manhã  
Blogger Paulo Patrício disse...

Azeite no Hit, Gorduras Naturais no Budha, Fritos no Plastic?!

12:43 da tarde  
Blogger Aritas disse...

Looooool. Que humor! I like it

3:40 da tarde  
Blogger briote disse...

E S. Pedro em Junho, Assunção em Agosto, Dores em Setembro...

9:09 da tarde  
Blogger briote disse...

E Obras no Garret, Porno no Santa Clara, Escadas Rolantes no Super OK...

9:19 da tarde  
Blogger Catritas disse...

Temos udo para ser felizes...excepto obviamente a nortada.Por muito que nos custe admitir há muito que perdemos o orgulho em ser da terra do Cego do Maio. Creio que nos deu a todos um quebranto de rigidez.

11:29 da tarde  
Blogger Trocado disse...

Falta ainda adicionar ao rol as chamuças no Leitão e a fanfarra dos bombeiros.

5:00 da manhã  
Blogger Trocado disse...

Catri, o orgulho é tanto maior quanto para mais longe se emigra. Como deves saber por experiência própria, aliás.

5:02 da manhã  
Blogger Aritas disse...

Ei Catri! O orgulho persiste, caramba! Não há nada melhor do que chegar do Porto ou donde quer que seja, ao fim de um dia de trabalho, e passar pela Av. dos Banhos (mesmo que seja de carro). Especialmente nos fins de tarde de Inverno. Imagina a Póvoa sem nortada: turistada de Março até Outubro! Não, prefiro assim, ar nas ventas :)

Sara

11:39 da manhã  
Blogger Rui Pedro Rocha disse...

Porra Patrício... o facto de não teres escrito Predileto, estragou-me a piada...

9:22 da tarde  
Blogger Bruno disse...

Incrível...absolutamente incrível!!
14 contrapostas e nenhuma refere o AMAVE - Festival de Teatro Amador do Vale do Ave, que este ano se realiza na nossa, ainda que modesta mas cheia das referidas opções, cidade!!
Apesar de não ser nenhum evento do outro mundo, não de nível nacional e concerteza não ao nível do Po.N.T.I., mas ainda assim uma iniciativa bastante notória!
Não quero ser aqui a pseudo-voz da moral, mas creio que deviam andar todos um pouco melhor informados acerca no que se passa naquela que ainda é, creio eu, a razão da existência do blog!
O AMAVE começou no dia 9 e acabou hoje mesmo. Além de trazer algo que pessoalmente nunca vi na Póvoa, um festival de teatro (amador ou não!), possibilitou que algumas das sessões se realizassem em Rates e Balazar, se não me falha a memória.. Para além da importância que creio eu ter levar-se/partilhar-se alguma actividade às/com as freguesias, tivemos a oportunidade de ver um pouco do que se faz nas vizinhanças a nível do teatro amador.

1:19 da manhã  
Blogger Catritas disse...

Bruno, tens toda a razão...o orgulho passa por aí.Passamos o tempo a dizer o que falta e depois esquecemo-nos do que existe. Mas como também já escrevi, a participação das pessoas é reduzida,é tudo demasiado institucional e com pouca ligação à cidade...se pudesse dizer o que é mais urgente,diria:acção e intervenção!

9:39 da manhã  
Blogger BeanSprouts disse...

Brunbo tens toda a razao. Agora eu pergunto, sra que havia muita gente que sabia disso? E ja nem falo por mim que estou uns milhares de kilometros a norte mas sim daqueles que vivem na Povoa. Foi bem divulgado? Porque mesmo quando eu estou na Povoa e dificil saber das coisas... mas tens toda a razao o que dizes. Foi fixe o festival?

12:06 da tarde  
Blogger Bruno disse...

Bem, é com grande infelicidade que confesso não ter podido assistir a nenhuma das sessões, isto por estar literalmente afogado em trabalho, e também por não estar sempre na Póvoa e a deslocação ser por vezes complicada..:(Mas já ouvi dizer que correu bem!
Quanto à divulgação, tenho que admitir que as minhas fontes são inúmeras e nesse aspecto tenho um bom avanço em relação a vocês provavelmente...mas, só como exemplo, posso referir que quando quis saber qual o programa e não o tinha à mão, apenas me bastou dar uma olhada ou para um cafézito qualquer por perto ou mesmo numa paragem de autocarro e lá estava, bem visível ao público...! Quanto a se isso é suficiente ou não, já creio ser bastante discutível! Aliás, acho insuficiente a divulgação que se faz à maioria das actividades culturais poveiras! Outro bom exemplo para isto é dizer que nem sequer vem referido no website da Câmara da Póvoa!!
Quanto a isso da acção e intervenção no que respeita à Póvoa, já falamos anteriormente sobre o assunto Fi, e concordo em grande parte contigo, mas para não me repetir aconselho uma visita às contrapostas do "Culturómetro" e ao que aí escrevi... Em todo o caso já o Trocado me deu razão: "A culpa (também) é nossa, já sei.."

12:07 da manhã  
Blogger Bruno disse...

Permitam-me só que transcreva uma mensagem que tentei enviar como comentário ao site da Póvoa, mas que apresentou erro em tds as tentativas, portanto torno-o público aqui...: (perdoem-me a Companha Poveira)

"O site está bastante desactualizado e não apresenta a vitalidade que este tipo de media deve ter, que é um carácter interactivo e moldável... Caso contrário, o mais provável é tornar-se obsoleto enquanto meio de informação!
Além disso, não apresenta links nem qualquer tipo de ligação a muitas das instituições poveiras que merecem referência, sobretudo no âmbito cultural. Creio que é esse tipo de informação, assim como a turística, que faz mais sentido num website e não a informação para os residentes da Póvoa que nem sequer fazem uso deste tipo de serviço, na sua grande maioria!
Creio que é suposto isto ser um serviço público que deve funcionar para o mesmo...não me parece estar a ser nada eficiente no que a isso respeita.

Cordialmente,

Bruno Ribeiro"

12:15 da manhã  
Blogger BeanSprouts disse...

Ganda Bruno!!!! Deu erro e entao ficas a saber que eles nao o vao ler mas, se nao tivesse dado erro, o mais provavel era ninguem o ler e nunca chegares a saber!!!
Digo eu ... sei la!

11:41 da manhã  
Blogger Bruno disse...

Claro, a intenção é essa...!
É preciso é dar a conhecer e falar destas coisas. As merdas não caem do céu, tá visto que somos nós quem tem que actuar para que isto se mova! Isto para tudo, claro...

1:38 da tarde  
Blogger Arba:a disse...

Bruno, muito me apraz ver a vontade com que (ainda) poucos se vão movendo no "panorama cultural poveiro" (e o uso de "" aqui não foi inocente!). Como já tiveste oportunidade de dizer, nem sempre a divulgação é suficiente ou de qualidade... Soube da existência do festival mas apenas no dia em que começava. Além disso não fazia ideia quais os locais onde se realizaria...Enfim! Mas talvez todos os comentários se tenham desviado do inicial, que se referia essencialmente ao espectro musical. E neste campo Bruno, para quando actividades?

3:48 da tarde  
Blogger Bruno disse...

Grande José! Sejas muito bem-vindo!
Creio que o Po.N.T.I. é bem mais importante que as outras actividades referidas e é teatro, mas é cagativo.. Aproveito para mencionar que o Maus-Hábitos também é um dos espaços do Ponti e está a albergar várias interessantíssimas instalações cenográficas(para além de outras actividades como concertos regulares, performances várias, etc..) tendo como ponto de partida uma obra de Luigi Nono..Quem gosta de música contemporânea e quer ver coisas diferentes deve visitar!
Quanto a actividade meu caro Zé Luís, isso é o que não falta!:) Posso já afiançar que no próximo dia 3 de Dezembro (6ª-feira) vou dar um concerto, juntamente com o meu amigo e colega violinista Danylo Gertsev, no Guarany, para quem não sabe, um café-restaurante que fica na Praça da Liberdade, no Porto.
Não posso prometer porque ainda faltam alguns pormenores como assegurar verbas, mas à partida no dia 18 de Dezembro, estreia uma peça de teatro em S. Pedro de Rates na qual participo como actor (estreia absoluta!!) e como o compositor de toda a música original.."La farse du mâitre Pierre Pathelin". Agradeço a divulgação em ambos os casos!:)
Cozinham-se outros projectos entretanto, entre os quais trabalhos com poesia e outro com um amigo pintor.. Vou actualizando, mas entretanto se me quiseres contactar, ou qualquer outra pessoa já agora, chuta para bruno_m_ribeiro@sapo.pt.
Hasta pronto!!

3:43 da manhã  
Blogger Arba:a disse...

Como me anda tanta coisa a passar ao lado?? Algum local que recomendem(des) para mais e melhor informação e, quiçá, participação?

10:42 da tarde  
Blogger BeanSprouts disse...

Ze Luis , como assim? Blogs?!
Bruno : Boa, ja pus na minha agenda e como no dia 18 ja estarei pela terra do Cego do Maio posso ir ao teatro a Rates!!! Ate porque deve haver a participacao de pessoal que conheco ... digo eu!
Quem encena a peca ja se sabe?!

11:03 da tarde  
Blogger Bruno disse...

Bem, caro Zé, como já disse, isto resume-se à vontade de cada um em participar e ser activo... Arte, em especial música, é a minha área, portanto faz todo o sentido que me mexa e actue, muito ou pouco isso já depende de cada um...como já devem ter percebido, eu sou um pouco do tipo "desenfreado"/hiperactivo! Não páro de me meter em cenas novas, para o bem..e para o mal tb às vezes!
Quanto ao capítulo da informação artístico-cultural e afins, sublinho o que já disse por várias vezes neste blog, mexe-te!!:) Pesquisa a web, vai aos centros de informação na tua zona, apesar de escassos existem! Frequenta sítios com actividade que te interesse e não apenas o tasco onde o pessoal do costume se junta para as bejecas, por mais gratificante que isso até possa ser por vezes; sai da terrinha o mais que possas e procura saber o que se passa noutros lados (no meu caso devo dizer que viver no Porto ajuda bastante!); se passares por qq sítio/acontecimento que te possa parecer de alguma maneira relevante não fiques indiferente e atira-te!...etc! Que mais dizer..??
Lê os mags culturais e revistas e jornais afins e experimenta de vez em qd visitar algumas das actividades que vejas anunciadas e misturar-te em diferentes "habitats" culturais.. Garanto-te que se fizeres metade destas coisas, mas sobretudo abrires bem os olhos e a mente, em pouco tempo ficas completamente inundado de informação e opções, pelo menos é o que cmg acontece, apesar de estarmos neste país de que tds tnt se queixam mas que se esquecem que só deles/nós depende para que seja de alguma maneira diferente, para melhor claro...
Qt a locais, enfim, também os há...depende é dos gostos e estados de espírito! O melhor que te posso dizer é para vires passar uns dias aqui ao Porto comigo e logo entendes melhor ao que me refiro. O convite estende-se tb aos elementos da Companha Poveira, exceptuando alguém que sabe mt bem quem é, por razões pessoais..

2:56 da manhã  
Blogger Bruno disse...

Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

2:56 da manhã  
Blogger Bruno disse...

Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

2:56 da manhã  
Blogger Bruno disse...

Ah, qt à peça: é encenada pela Bárbara Maciel.
Desculpem-me os excessivos posts acima, manhas do pc do Fred!;)

3:03 da manhã  
Blogger BeanSprouts disse...

Era o que eu pensava! Eu acho que a Barbara ja me tinha falado disso mas nao tenho a certeza ...

10:12 da manhã  
Blogger Arba:a disse...

De facto pouco ou nada tenho feito para participar no que quer que seja ultimamente. A verdade é que desde que o ano lectivo começou, o tempo esfumou-se. Tenho estágio em Oliveira do Douro às 9h da manhã, aulas das 17h as 23h na Maia e pelo meio tenho de preparar consultas para o estágio, estudar e ainda fazer uma monografia. Mas também é verdade que desde a última tertúlia no Predilecto (imagine-se!) deixei de saber quais as actividades possíveis. Bruno, a minha disponibilidade, como acima comprovo, é muito baixa mas garanto-te que esse tipo de convites nunca serão ignorados. Agradeço e aviso desde já que vou engendrar planos para poder comparecer! Até lá, todas as sugestões são muito bem-vindas...

7:12 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home