quinta-feira, outubro 28, 2004

Partidas & Chegadas, II

Devagar se ajeitam as estrias
de um lugar rectangular em
que se permitem da leveza levantar
barcos que rumam para longe
que navegam em distâncias fundas
por entre escafandros e hélices
que dormem na superfície das emoções.

Fernando Nunes, Agosto 2004

2 Comentários:

Blogger Paulo Patrício disse...

Fernando, mas o que é que te aconteceu.. quando usavas pseudónimo escrevias tão bem?!

12:48 da tarde  
Blogger Rui Pedro Rocha disse...

Pior pior era se os lugares fossem cilíndricos...

3:25 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home