quarta-feira, setembro 15, 2004

O Agosto é na Póvoa

Gozando a distância que nos parece aproximar, viajando ainda ao sabor do aroma que emana do bacalhau no forno, que nos espera para uma refeição bem portuguesa (poveira, porque não?) dou o meu primeiro contributo para o aliciante projecto Poveiro.
Ainda não como cronista, enviando novas dos países Baixos, mas já com a nortada na pele, a mesma que nos ajudou, dificultou, enfim conviveu connosco quando pedalávamos para terras de Aguçadoura e além-Póvoa. As jornadas ao fim da tarde são apenas uma fracção do que fica gravado do nosso Agosto. Momentos que nos fazem olhar para trás e sentir um arrepio, porque sabemos que tudo tem um fim. E que tornam triste esse facto.

1 Comentários:

Blogger Catritas disse...

É por isso que escrevi uma canção do Fim Verão...preparem as guitarras e afinem as vozes.

11:11 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home