sexta-feira, setembro 17, 2004

K.guitarrista do sol nascente I

Encontrei K.ao virar da esquina no centro da cidade marítima.Desesperado.Não dormia há três noites.Trazia três euros,a roupa do corpo e os olhos cansados de Barcelona. Algumas cervejas na noite mediterrânica e a pergunta: "onde é que é o Hotel...?" denunciaram-no e fizeram com que lhe levassem o dinheiro, máquina fotográfica e outros haveres que trazia consigo. Naquele instante em que me abordou,procurava encontrar um amigo seu mas que infelizmente tinha acabado de sair de Paris...ia obviamenete demorar.Nada feito.Apenas um inglês escorreito para comunicar com os transeuntes que passavam e indagando uma possível alguma ajuda financeira e poiso para dormir.Ninguém parecia estar interessado no que ele dizia.Revelou-me que o coração dele já tinha batido mais forte e que uma assistência social da invicta não se dignou a apoiá-lo,tal como se envergonhou de solicitar auxílio a duas compatriotas que viu passar.Vergonha ou códigos de honra apertados?
K.tem cinco cêdês editados,viveu um mês em Londres e já esteve em Chicago.Numa mesa de café,chegou-nos a dizer que tem uma paixão enorme pela guitarra mas que não a trouxe consigo.K. fumava cigarros americanos, não bebia cerveja preta e conhecia os preços dos hóteis.K.levantou-se, virou à esquerda e esfumou-se na noite...chegaria a dormir? teria encontrado o seu amigo? continuou a pedir ajuda?

0 Comentários:

Enviar um comentário

<< Home