quinta-feira, setembro 16, 2004

Coreto 4

Teatro Garrett
Tivemos ocasião de ver ontem as obras do "velho" Garrett e confessamos a nossa admiração pelo que encontramos. Nada resta do que havia.A remodelação foi completa. Do velho Teatro surge-nos um teatro novo, elegante, que vai honrar sobremaneira a nossa terra, tão carecida estava duma casa de espectáculos que estivesse à altura do seu progresso.
Com a comparência dos representantes da imprensa e das autoridades foi feita a experiência da resistência dos lugares reservados à Geral e aos Balcões. Foram colocados centenas e centenas de sacos carregados de areia, com o peso de cerca de trinta quilos, e constatou-se a segurança da obra que muito honra o engenheiro que a delineou e o empreiteiro que lhe deu execução.
Segundo os melhores cálculos, o Garrett vai fazer a sua inauguração oficial no sábado, dia 6 do próximo mês de Agosto.

In Comércio da Póvoa, 30/7/1938

Pergunta: E,hoje, o que dizer? Sessenta e seis anos depois? Não continua a cidade carecida duma casa de espectáculos que esteja à altura da dita cidade da cultura e do lazer?

2 Comentários:

Blogger Fred disse...

Atenção ao novo filme poveiro aí a estrear. Com o titulo temporário de 'E no últimos dias?', esta curta metragem lança justamente esta questão, numa das cenas.
Sim, já passamos demasiado tempo com falta de uma sala de espéctaculos como o Garrett

11:47 da manhã  
Blogger NrowS disse...

Isso é mal de muitas cidades. Aqui em Braga, temos o Teatro Circo fechado há anos e as obras nunca mais acabam. Não há lá cinema, não há teatro, não há festivais de tunas, não há nada. Parece o deserto em termos culturais, isto.

1:02 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home